Serviços linguísticos e traduções em Guimarães

Alphatrad Portugal – Serviços linguísticos e traduções em Guimarães

Os serviços da nossa agência em Guimarães:

 

Mais de 100 línguas e dialectos: Alemão, Inglês, Francês, Espanhol, Italiano, Português, Holandês, Russo, Polaco, Checo, Chinês, Árabe, entre outros. Poderá verificar outras línguas aqui.

Poderá pedir um orçamento gratuito e sem compromisso através da nossa encomenda online ou por e-mail.

 

Guimarães

É uma cidade histórica, com um papel crucial na fundação de Portugal, e que conta já com mais de um milénio desde a sua formação, altura em que era designada como Vimaranes. Este topónimo pode ter tido origem em Vímara Peres, nos meados do século IX, quando ele fez deste local o seu principal centro governativo do condado Portucalense, que tinha conquistado para o Reino da Galiza e onde veio a falecer. Guimarães é uma das mais importantes cidades históricas do país, sendo o seu centro histórico considerado Património Cultural da Humanidade, o que definitivamente contribui para tornar a cidade um dos maiores centros turísticos da região. As suas ruas e monumentos respiram história e encantam quem a visita.

A Guimarães actual soube conciliar da melhor forma a sua história, cuidando e preservando o seu património, com o dinamismo e empreendedorismo que caracterizam as cidades modernas. Uma manifestação desse dualismo foi a sua nomeação para Capital Europeia da Cultura em 2012, factor que levou à eleição de Guimarães pelo New York Times como um dos 41 locais a visitar em 2011 e como um dos pontos culturais emergentes da Península Ibérica.

Guimarães é muitas vezes designada como “Cidade Berço”, devido a aí ter sido estabelecido o centro administrativo do Condado Portucalense por D. Henrique, por o filho deste, D. Afonso Henriques, poder ter nascido nesta cidade e, fundamentalmente, pela importância histórica que a Batalha de São Mamede, travada na periferia da cidade em 24 de Junho de 1128, teve para a formação da nacionalidade. Os vimaranenses são orgulhosamente tratados por “Conquistadores”, fruto dessa herança histórica de conquista iniciada precisamente em Guimarães.