Traduções e outros serviços em Norueguês

Traduções e outros serviços em Norueguês

O nosso escritório disponibiliza traduções profissionais e outros serviços linguísticos de e para Norueguês

Traduções técnicas, traduções certificadas, interpretação, voice-overs, revisões/correcções: o nosso escritório é uma agência que presta um serviço linguístico completo e para todo o mundo, realizado por tradutores competentes e profissionais que traduzem apenas para a sua língua materna. A nossa rede, com mais de 80 agências em toda a Europa, esforça-se por assegurar um serviço de valor acrescentado. 

 

Prestamos serviço em diversas combinações linguísticas:

  • Português ⇔ Norueguês
  • Inglês ⇔ Norueguês
  • Espanhol ⇔ Norueguês
  • Francês ⇔ Norueguês
  • Alemão ⇔ Norueguês
  • Italiano ⇔ Norueguês
  • e outras

Os serviços que o nosso escritório presta em Norueguês:

As nossas agências:

Poderá pedir um orçamento gratuito e sem compromisso através da nossa encomenda online ou por e-mail.

 

Informações úteis sobre o idioma norueguês

A língua norueguesa pertence à família das línguas indo-europeias e é falada por cerca de 5 milhões de noruegueses como língua materna. Existem quatro variedades de norueguês, mas apenas duas delas foram oficialmente reconhecidas. A "língua do livro" Bokmål, que é baseada principalmente no dinamarquês, e Nynorsk, que é baseada principalmente em dialetos rurais, são os dois dialetos oficialmente reconhecidos. Quase 90% dos noruegueses escrevem Bokmål. As autoridades estatais devem responder às perguntas na língua em que foram apresentadas. As autoridades locais, no entanto, têm de responder na forma que foi definida como oficialmente válida para o seu território. Durante séculos, Bokmål foi também a língua escrita da Noruega e foi "norueguêsizado" em várias etapas na primeira metade do século XX com base no vernáculo burguês.

Como as três línguas escandinavas do continente são muito parentes, suecos, dinamarqueses e noruegueses entendem-se muito bem um ao outro. As editoras estão, portanto, a ponderar com mais frequência se um livro escrito em sueco, dinamarquês ou norueguês deve ser traduzido ou se os leitores dos países vizinhos poderão ter acesso ao mesmo de qualquer forma.