Traduções e outros serviços em Russo

traduções profissionais e outros serviços linguísticos de e para Russo

O nosso escritório disponibiliza traduções profissionais e outros serviços linguísticos de e para Russo.

Traduções técnicas, traduções certificadas, interpretação, locutores, revisões/correcções: o nosso escritório é uma agência que presta um serviço linguístico completo e para todo o mundo, realizado por tradutores competentes e profissionais que traduzem apenas para a sua língua materna. A nossa rede, com mais de 80 agências em toda a Europa, esforça-se por assegurar um serviço de valor acrescentado. 

 

Prestamos serviço em diversas combinações linguísticas:

  • Português ⇔ Russo
  • Espanhol ⇔ Russo
  • Inglês ⇔ Russo
  • Italiano ⇔ Russo
  • Francês ⇔ Russo
  • e muitos mais.

Os serviços que o nosso escritório presta em Russo:

As nossas agências:

Poderá pedir um orçamento gratuito e sem compromisso através da nossa encomenda online ou por e-mail.

 

O Russo é a língua eslava mais falada, pelo que – juntamente com o Inglês, o Espanhol e o Francês – é também considerada uma língua mundial, até porque, no tempo da Guerra Fria, foi a língua estrangeira obrigatória ensinada nas escolas da maior parte da Europa de Leste, razão pela qual possui, até hoje, um papel de disseminação de uma certa universalidade. O Russo, juntamente com o Bielorrusso e o Ucraniano, formam o grupo das línguas eslavas do leste, sendo falado por 300 a 400 milhões de pessoas, das quais cerca de 200 milhões falam-no como a sua língua-materna.

Esta língua, que é escrita com o alfabeto cirílico, é, além disso, a língua oficial de muitos dos antigos estados da ex-URSS, em especial das repúblicas centroasiáticas, como, por exemplo, o Cazaquistão, o Tajiquistão e a Quirguízia, mas também da Moldávia, no sudeste da Europa. Mas o Russo está também fortemente representado em diversos outros países, como a Alemanha, e nos países onde a emigração é tradicional, como os EUA e Israel. Nas escolas da antiga Alemanha de Leste (RDA), o Russo era geralmente a primeira língua estrangeira, pelo que o seu conhecimento ativo ainda é notório nas regiões alemãs situadas a leste do rio Oder.