Condições gerais de venda

Verifique as Condições Gerais de Venda da Alphatrad PORTUGAL Unipessoal 

Artigo 1: Objecto

Toda e qualquer prestação de serviços encomendados à ALPHATRAD (por fax, e-mail ou correio) reger-se-á, salvo acordo escrito em contrário, pelas presentes Condições Gerais de Venda, sem necessidade da sua estipulação expressa entre as partes ou da respectiva aceitação formal por parte do cliente.

Para o efeito, estas Condições serão comunicadas ao cliente e a sua existência será inserida nos documentos e comunicações referentes à prestação do serviço. 

Artigo 2: Sobre a entrega do texto a traduzir

Cada adjudicação de tradução deve ser acompanhada de uma encomenda firme do cliente, sem a qual a ALPHATRAD se reserva o direito de não dar início ao trabalho.

O cliente compromete-se a entregar os textos a traduzir em papel, dactilografados ou impressos, salvo qualquer outra apresentação.

Os textos técnicos deverão ser acompanhados, sempre que necessário, de documentos de referência, fornecidos pelo cliente, e/ou de figuras ou desenhos que permitam uma melhor compreensão dos mesmos; os termos técnicos traduzidos serão uniformizados em conformidade com as definições que constem dos dicionários técnicos consultados.

Em caso de eventuais dificuldades de compreensão do texto, quer da forma quer do contexto, o cliente compromete-se a fornecer quaisquer elementos que permitam que a ALPHATRAD faça a tradução.

Qualquer pedido de alteração do texto a traduzir deverá ser efectuado por escrito, de uma forma precisa, que o cliente deverá enviar por fax, e-mail ou correio.

As traduções destinam-se ao uso exclusivo do cliente; qualquer reprodução com fins comerciais, publicitários ou outros, será feita sob a sua responsabilidade total.

2.1 – Sobre os trabalhos de interpretação

Os trabalhos de interpretação compreendem a tradução “in loco” em conferências, seminários, congressos ou reuniões.

A adjudicação de serviço tem de ser feita, obrigatoriamente, por escrito, sem o que a Alphatrad se reserva o direito de não dar início ao trabalho.

A adjudicação do trabalho terá de ser feita com a antecedência mínima de 10 dias úteis, em relação à data de início do trabalho, sob pena de não ser possível garantir o número de intérpretes necessários para a execução do mesmo, assim como deve ser efectuado o pagamento de 50% do valor constante do orçamento, como sinal.

O cliente compromete-se a indicar o assunto da Conferência ou Reunião e a entregar textos em suporte de papel (documento Word, PDF ou outro), de forma a contextualizar os intérpretes para o trabalho a realizar, bem como a indicar o local onde o serviço vai ser prestado, a pessoa de contacto e o horário de início e fim do evento.

O cancelamento ou adiamento do trabalho, após a sua adjudicação, devem ser comunicados, por escrito, à Alphatrad, com uma antecedência mínima de 4 dias úteis: caso contrário, reservamo-nos o direito de exigir o pagamento de 50% do valor do  serviço. A anulação do serviço no próprio dia implica o pagamento integral do trabalho. 

2.2 – Sobre os trabalhos de transcrição

Os trabalhos de transcrição compreendem a reprodução na íntegra de cassetes, CD, DVD ou qualquer outro suporte.

A Alphatrad enviará ao cliente um orçamento estimativo relativamente ao preço e prazo de entrega do serviço.

O cliente compromete-se a enviar o suporte áudio alvo de transcrição, de forma a permitir que a Alphatrad verifique o estado da gravação. Após a audição do suporte fornecido, a Alphatrad enviará ao cliente uma confirmação do prazo de execução do trabalho em causa. Caso a gravação seja de má qualidade, a Alphatrad informará o cliente desse facto e se mesmo assim o cliente quiser que o trabalho seja feito, a Alphatrad não se responsabiliza pelo resultado apresentado na transcrição.

A formalização da adjudicação do trabalho tem de ser feita, obrigatoriamente, por escrito, com pagamento de 50% do orçamento, sem o que a Alphatrad se reserva o direito de não dar início ao trabalho e os restantes 50% aquando da recepção da nossa factura por cheque e/ou transferência bancária.

Artigo 3: Prazo de entrega

Os prazos de entrega previstos nos orçamentos e nas confirmações das encomendas são apresentados a título indicativo.

Caso surjam dificuldades de compreensão do texto, o prazo de entrega será prorrogado por um período de tempo equivalente ao que for necessário para a pesquisa.

A ALPHATRAD não poderá ser responsabilizada por quaisquer atrasos de encaminhamento de trabalhos via fax, e-mail e outros meios postais ou terrestres, e em quaisquer casos de força maior. 

Artigo 4: Preços e pagamentos

 A unidade de contagem das traduções é a palavra.

Os preços indicados são passíveis de IVA, não incluído.

Salvo acordo em contrário, as facturas reflectem um valor líquido, sem descontos, e devem ser pagas a contar da data da respectiva recepção pelo cliente; qualquer atraso no pagamento das facturas implicará, de pleno direito, a aplicação de juros de mora, calculados à taxa de uma vez e meia a taxa de juro legal em vigor. A ALPHATRAD reserva-se o direito de interromper quaisquer trabalhos em curso, caso se verifique qualquer atraso de pagamento.

Em caso de cancelamento de qualquer encomenda de tradução, o trabalho efectuado até à data de cancelamento será facturado a 100% e o trabalho ainda por efectuar será facturado a 50%, se a encomenda cancelada disser respeito a qualquer serviço de interpretação, o mesmos será facturado na totalidade. 

Artigo 5: Reclamações

Qualquer reclamação relativa à qualidade ou à entrega dos trabalhos encomendados apenas será considerada quando efectuada por carta registada com aviso de recepção, o mais tardar nos 5 dias úteis após a entrega dos trabalhos a que se refere. Esta deverá ser acompanhada dos documentos originais e das traduções reclamadas, com indicação das partes mal traduzidas. Decorrido este prazo, qualquer reclamação apresentada será rejeitada.

A existência de erros numa parte da tradução não poderá servir de pretexto para que seja posta em causa a totalidade do trabalho. A ALPHATRAD reserva-se o direito de proceder às correcções necessárias, em conformidade.

A responsabilidade da ALPHATRAD, mesmo nos casos de perda ou destruição dos documentos enviados ao cliente, está limitada ao valor da factura correspondente ao serviço prestado.

Considera-se que a ALPHATRAD será a legítima proprietária dos textos traduzidos até ao pagamento integral dos mesmos.

Em caso algum, poderá a sociedade ALPHATRAD ser responsabilizada, moral ou materialmente, ou aceitar reclamações relativas a nuances de estilo, designadamente em matéria publicitária. 

Artigo 6: Confidencialidade

A ALPHATRAD compromete-se a respeitar a confidencialidade dos documentos transmitidos e a não divulgar qualquer informação a terceiros, quer durante, quer após a prestação de qualquer serviço de tradução; no âmbito do presente artigo, a ALPHATRAD não poderá ser responsabilizada em caso de transferência de dados via INTERNET. 

Artigo 7: Litígios

Em caso de disputa quanto à interpretação ou à execução de qualquer uma das disposições das presentes Condições Gerais, o foro escolhido será o da Comarca de Lisboa com expressa renúncia a qualquer outro.

O cliente toma conhecimento na integra das condições gerais de venda, aderindo a elas, passando as mesmas a fazerem parte integrante do contrato que vincula o cliente e a Alphatrad.