Plurilinguismo e multilinguismo: quais as diferenças?

Plurilinguismo e multilinguismo: quais as diferenças?

Os termos “multilinguismo” e “plurilinguismo” são muitas vezes utilizados como sendo sinónimos, quer na linguagem escrita quer oral. Porém, os seus significados são muito diferentes um do outro.

 

O que é o plurilinguismo?

O termo “plurilinguismo” vem do latim “pluri-” e “-lingue”, o que significa literalmente “diversas línguas”.

Fala-se de plurilinguismo quando uma pessoa é capaz de comunicar em várias línguas (geralmente em três ou mais línguas). Por exemplo, um francês que fala na sua língua materna, mas que também consegue expressar-se em inglês, em espanhol e em italiano, é plurilingue.

Não é necessário dominar correntemente essas línguas para se ser classificado de plurilingue. Basta ser capaz de mobilizar os recursos linguísticos suficientes para comunicar com diferentes interlocutores estrangeiros.

Falar-se-á mais especificamente de “bilinguismo” quando a pessoa domina correntemente duas línguas, e de “trilinguismo” se a pessoa dominar três línguas. Acima de três línguas, a pessoa classifica-se de plurilingue ou, ainda, de poliglota. Por outro lado, se a pessoa falar apenas uma língua, será então utilizado o termo “monolinguismo” ou “unilinguismo”.

 

O que é o multilinguismo?

Utiliza-se o termo “multilinguismo” para descrever a coexistência de diversas línguas no seio de um mesmo grupo social ou de um mesmo território.

Por exemplo, o Canadá, onde se fala tanto o francês como o inglês, assim como a Bélgica, onde se usa o francês, o alemão e o neerlandês, são países multilingues. De igual modo, uma empresa que trabalha com diversas línguas ou uma escola onde o ensino é ministrado em diferentes línguas são multilingues. Além disso, se uma estação de televisão difundir conteúdos em diversas línguas, poderá ser classificada de multilingue.

 

Quando utilizar os termos multilingue e plurilingue?

Em síntese, utilizaremos o termo “multilingue” para descrever um país, um local ou uma instituição que acolhe diversas línguas e utilizaremos o termo “plurilingue” para descrever uma pessoa que se exprime em diversas línguas. No dia-a-dia, é frequente a confusão entre estes dois termos, mas, do ponto de vista linguístico, é importante fazer esta distinção, à qual foi aliás dado destaque pela Divisão de Políticas Linguísticas do Conselho da Europa.

 

Perguntas frequentes sobre o plurilinguismo e o multilinguismo

Uma pessoa é plurilingue no caso de conseguir exprimir-se em várias línguas – geralmente, três ou mais. Se dominar duas línguas será bilingue, mas se dominar três línguas, será trilingue.

Qualquer país, território ou grupo social onde sejam faladas várias línguas diferentes será classificado de multilingue.

Entre os países multilingues, podemos citar a Bélgica, o Canadá, a Suíça, o Luxemburgo, a Índia, a África do Sul, etc.

 

Adicionar novo comentário