Work-Life-Balance: Em que países a relação é equilibrada?

Work-Life-Balance: Em que países a relação é equilibrada?

O conceito de Work-Life-Balance define a relação entre o trabalho e a vida privada. Se ambos estiverem em harmonia um com o outro, fala-se de um equilíbrio perfeito entre vida profissional e vida pessoal e, portanto, de uma mistura saudável de ambas as áreas da vida. O BLI (Better Life Index / Melhor Índice de Vida) é medido utilizando critérios definidos pela OCDE, que incluem as condições de habitação, educação, ambiente, saúde e perceção da satisfação com a vida. A escala de avaliação da satisfação com a vida varia de zero a dez.

 

Os holandeses são os mais satisfeitos

Nos Países Baixos o BLI é de 9,3, o que faz deste país o líder incontestado da perceção da qualidade de vida. Apenas cerca de meio por cento da população tem de trabalhar mais de 50 horas por semana, enquanto a média nos 35 países da OCDE é de 12,5%. Em segundo lugar, os dinamarqueses afirmam sentir-se felizes com as suas vidas, já que 9% atingem o segundo maior nível de satisfação. França, Espanha, Bélgica, Noruega e Alemanha somam mais de 8 pontos cada, com os alemães em oitavo lugar, com 8,3 pontos. Na Irlanda, o valor é comparativamente baixo, com 7,9, e na Rússia o valor da satisfação é apenas 0,2 pontos mais elevado do que o dos irlandeses.

 

Melhorar o equilíbrio entre a vida profissional e familiar através de uma externalização orientada

Em muitas profissões, a comunicação é um instrumento importante, sem o qual não é possível um trabalho eficaz. As relações comerciais globais exigem uma comunicação segura e clara, sem barreiras linguísticas, e os tradutores profissionais podem dar um contributo valioso para uma comunicação sem atritos. Teremos todo o gosto em ajudá-lo e aceitaremos também traduções técnicas complexas, para que o equilíbrio entre a vida profissional e familiar na sua empresa possa ser ainda maior. Contacte-nos, sem compromisso. Teremos o maior prazer em responder aos seus pedidos.