As expressões inglesas incontornáveis para falar como um nativo

As expressões inglesas mais frequentemente utilizadas

As expressões idiomáticas ocupam um lugar importante na língua inglesa. Para falar um inglês fluente, poderá ser muito útil conhecer estas expressões e saber utilizá-las correctamente. Assim, vamos aqui apresentar-lhe as expressões idiomáticas inglesas mais conhecidas, para ajudá-lo a falar a língua de Shakespeare como um nativo.

 

  • "Break a leg!": Boa sorte!

É uma expressão utilizada tradicionalmente no meio teatral, para desejar boa sorte a uma pessoa, sem lhe dar azar. A origem desta expressão, que significa literalmente "Parte uma perna", parece remontar à Grécia Antiga, porque, à época, os espectadores, no final de uma peça de teatro, em vez de aplaudirem, batiam com os pés.

 

  • "To be sitting on the fence": estar confuso

Esta expressão, que literalmente se traduz por "estar sentado em cima da cerca", é utilizada para exprimir a sua incerteza, a sua indecisão. Nesta alegoria, a cerca simboliza a escolha a fazer. Estar "em cima da cerca" designa, portanto, o facto de estar confuso e de não ser capaz de se decidir por um lado ou por outro.

 

  • "Out of the blue": sem aviso, inesperadamente

Esta expressão, que significa literalmente “que sai do azul”, é muito útil para descrever um facto completamente inesperado, imprevisto, que chega subitamente de forma inesperada.

 

  • "That rings a bell": que faz lembrar

Faz referência a algo que é difícil de recordar, que estaria confuso e distante, quase esquecido na memória.

 

  • "Let’s call it a day": já chega por hoje!

Literalmente traduzida por “Vamos considerar isto como um dia”, esta é uma locução frequente em meio laboral e serve para marcar o fim de uma tarefa, de uma reunião ou de um dia de trabalho. É uma maneira de confessar um certo cansaço temporário.

 

  • "It’s not rocket science": não é tão difícil assim

Traduzida literalmente fica: “Isto não é ciência aeroespacial!” É uma maneira de fazer ver a alguém que alguma coisa não é assim tão complicada e que, pelo contrário, é simples de compreender ou de fazer.

 

  •  "When pigs can fly": isso nunca vai acontecer!

Esta expressão que, em sentido literal, se traduz por “quando os porcos conseguirem voar”, é utilizada para explicar que qualquer coisa é muito improvável e nunca vai realmente acontecer. Em português, há outras expressões muito idênticas, como ”Quando os porcos voarem” e outra um pouco diferente, mas com o mesmo sentido, ”Quando as galinhas tiverem dentes. ”

 

  • "Make a long story short": para resumir…

Esta locução inglesa, muito corrente, é utilizada quando queremos resumir uma história. Em sentido literal, a expressão significa: ”fazer de uma longa história uma história curta”.  

 

O que há a saber sobre a tradução de expressões idiomáticas inglesas

As expressões idiomáticas inglesas muitas vezes não fazem qualquer sentido se forem traduzidas literalmente. Por isso, é necessário encontrar expressões equivalentes na língua de chegada. Independentemente do conteúdo a traduzir, recomendamos que recorra aos serviços de um tradutor profissional para traduzir qualquer texto para inglês ou de inglês para qualquer outra língua.

 

Perguntas frequentes sobre as expressões idiomáticas inglesas

Em inglês, um idiom é uma expressão idiomática. Trata-se de uma locução, a maioria das vezes associada a uma imagem, cujo sentido é construído ao longo do tempo, através do uso da língua.

Para perguntar a alguém o que é que essa pessoa faz, em que é que trabalha, deve dizer em inglês: What do you do for a living? ou, numa versão resumida, What do you do? Mas também pode questionar o seu interlocutor de uma forma mais directa: What is your occupation? ou ainda What is your job?

Em inglês, existem várias expressões para procurar saber notícias de alguém. Poderá perguntar, por exemplo, How are you doing? How’s it going? Ou, então, How do you do? ou ainda, num inglês mais familiar: What’s up?

 

Adicionar novo comentário