Cinco boas razões para escolher um tradutor nativo de Inglês

Razões para escolher um tradutor nativo de Inglês

Pretende traduzir os conteúdos do seu site para Inglês? Para obter textos de qualidade, traduzidos com competência e respeito pela cultura local, deve recorrer a um tradutor nativo: veja porquê.

 

1. Os tradutores nativos dominam a sua língua na perfeição

Um tradutor profissional, que traduz para a sua língua-mãe, conhece todas as subtilezas da língua e é capaz de encontrar os equivalentes linguísticos mais adequados, porque falou e escreveu Inglês durante toda a sua vida, tendo por isso consciência das suas subtilezas e possuindo um vasto vocabulário. Graças às capacidades deste profissional, irá beneficiar de uma tradução de alta qualidade, perfeitamente fiel ao texto original.

 

2. Conhecem muito bem a cultura local

Além de terem um domínio perfeito da língua inglesa, os tradutores nativos possuem também um profundo conhecimento dos padrões culturais do país ao qual se destina a tradução.

Estão assim aptos a traduzir todos os elementos da língua de uma forma precisa e correcta, o que se torna particularmente importante nas traduções para as redes sociais, os sites, ou outros conteúdos de marketing ou publicidade, que exigem um conhecimento aprofundado da cultura local.

 

3. Têm um vocabulário actualizado

Outra razão que justifica o recurso a um tradutor nativo de Inglês é o facto de o tradutor nativo utilizar diariamente a sua língua e, por conseguinte, o seu vocabulário estar sempre actualizado. Isto significa que a sua tradução para Inglês não vai ter expressões idiomáticas antiquadas nem palavras obsoletas.

 

4. Os tradutores nativos utilizam o Inglês Americano ou o Inglês Britânico

Optar por um tradutor nativo de Inglês do país anglófono onde pretende fazer chegar o seu negócio, dar-lhe-á a garantia de os seus documentos serem traduzidos no Inglês adequado.

De facto, a língua inglesa tem diversas variantes e há muitas diferenças entre cada forma, tanto no que se refere à gramática como à ortografia, ao léxico...

Por exemplo, enquanto escrevemos colour, flavour, favourite em Inglês Britânico, passamos a escrever color, flavor, favorite em Inglês Americano. Além disso, são por vezes utilizadas palavras totalmente diferentes para descrever as mesmas coisas, como é o caso de soccer e football.

Deve assim certificar-se de que os seus conteúdos são traduzidos para o Inglês que é utilizado no país visado. O tradutor deve também certificar-se de que no mesmo documento é utilizada apenas uma única variante da língua. Misturar as duas formas poderia afectar significativamente a qualidade da tradução e a legitimidade da sua empresa.

A melhor solução será portanto recorrer a um tradutor nativo do país ao qual se destina a tradução (Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia, etc.), para poder obter uma tradução num Inglês totalmente personalizado, que tem em conta todas as subtilizas linguísticas e culturais específicas do público-alvo.

 

5. A sua imagem de marca sai reforçada

Se contratar um tradutor nativo de Inglês e profissional, irá receber uma tradução fluida e coerente, que não só ajudará internacionalmente a sua empresa, como também contribuirá para promover a sua imagem de marca e reforçar a sua reputação.

 

Adicionar novo comentário